A VEIL OF VINES | TILLIE COLE | THEREVIEWBOOKS.COM.BR
Meu Livro Gringo,  Resenhas

A Veil Of Vines » Tillie Cole

Minha primeira leitura de 2017 tinha que virar resenha. Como eu falei no post de Sweet Home, A Veil of Vines é meu livro preferido da Tillie Collie e vai ser o seu também, basta continuar lendo e depois ir correndo na Amazon comprar o seu.

A Veil of Vines é vendido como um conto de fadas moderno e começa na Nova York nos dias de hoje, mas precisamente no Upper East Side. Caresa Arcadi é uma Blair Waldorf da vida, rica, filha de um grande magnata do vinho que representa na América os mundialmente conhecidos vinhos italianos do Rei Santo Savona.

Mesmo com a monarquia extinta a muitos e muitos anos, no mundo de Caresa os títulos ainda são levados muito a sério. E é graças ao seu título de duquesa Di Parma que ela acaba prometida a Zeno, o príncipe playboy e único herdeiro do rei Santo cuja a morte desestabilizou por completo os negócios de vinho.

Descubra: Doce Lar, novo lançamento de Tillie Cole pela Editora Essência

Para salvar a reputação da empresa e a pele de Zeno, a duquesa se muda para a Itália para seu período de namoro antes que o casamento e a coroação aconteçam no ano novo.
Porém, toda vida, entretanto, até esse ponto do livro eu me perguntava: Ok, cadê o conto de fadas moderno?

Tillie Cole minha gente, essa mulher nunca decepciona ninguém. E o conto de fadas de Caresa, vem na pele de um lindo vinicultor da propriedade de Achille, na qual o príncipe a esconde de sua fama.

Caresa é simplesmente apaixonada pela reserva da família, um vinho feito artesanalmente em cópias contadas e que tem uma fila de anos para se obter uma única garrafa.

E o apego dela ao jovem Achille vem exatamente disso. Numa de suas corridas ela acaba se perdendo na imensa propriedade e achando essa pitoresca vinícola e depois de saber que aquele lugar é responsável pelo seu vinho amado, ela quer saber tudo sobre ele.

Descubra: As nossas autoras queridinhas de New Adult

Lógico, a atração por Achille também fala alto e claro. E é no meio de um romance puro e fofo, cheio de percalços que o grande clímax do livro vem a tona. O príncipe retorna, um grande segredo de família é revelado e a vida que Caresa conhecia e a que ela havia vislumbrado, acaba por desmoronar. Quando você acha que tudo está acabado e irremediavelmente sem conserto a Tillie usa seus poderes mágicos para dar um plot twister maravilhoso e deixar a gente com o final mais legal de sempre.

A única coisa que eu tenho para falar “mal” do livro é a relação de 2 personagens dele que não era sólida o suficiente para ser tão amigável no final. Faltou um flashback, mais convívio, mas tudo bem. Só não posso revelar mais por se tratar de um grande spoiler.

O livro tem uma leitura leve e fluída, bem daquele jeito pra matar num fim de semana enquanto troca as páginas suspirando. Então, leiam A Veil of Vines e me digam se também concordam se o livro é tão fofo como eu achei. Da capa ao enredo.

Publicitária carioca, 27 anos, apaixonada por histórias de suspense e romances policiais. Autora "aposentada" de fanfics, esteve a frente do extinto site de fanfics interativas Dream Store Fanfictions, desde a sua criação em 2007. Nutrindo desde aquela época, uma vontade de ajudar autores iniciantes a escrever melhor e alcançar seus objetivos. No The Review Books é responsável pela série "Escrevendo um Bestseller" e pela identidade visual do site e redes sociais.