RED HILL | JAMIE MCGUIRE | THEREVIEWBOOKS.COM.BR
Resenhas

Red Hill » Jamie McGuire

Óbvio que a primeira resenha do ano não vai ser de nenhum dos livros da lista dos 5 livros que eu pretendia ler em dezembro. Aliás, eu não li nenhum dele, mas isso vamos deixar para outro post, ok?

Os 9 anos da aclamada série da Fox, The Walking Dead tá aí para nos mostrar que os mortos vivos nunca estiveram tão em alta. Eu sou suspeita em falar do assunto, pois nunca escondi o fato de ser uma Z Lady de carteirinha. Por, 5 anos não perdia um passo de Rick em TWD, torci para o Murphy, mesmo ele sendo bem canalha em Z Nation, devorei todos os episódios das duas temporadas de Santa Clarita Diet e até hoje torço para a Liv e o Major ficarem juntos em Izombie.

Foi em dezembro de 2016, umas horas antes de uma viagem de natal que eu achei na saraiva do New York City Center um livro com uma bela capa vermelha, a sinopse me conquistou e a surpresa maior veio depois que reconheci o nome da autora.

Descubra: Livros de suspense para tirar o fôlego e o sono.

Jamie McGuire é conhecida pelo seus livros young adult da série Belo Desastre. Porém para mim, ela podia largar totalmente os romances adolescentes e virar roteirista de filmes e séries de suspense. Red Hill te tira o fôlego do começo ao fim.

Se você é fã de suspense e de zumbis, Red Hill é o livro certo.

Com uma linguagem rápida, muita descrição e diálogos bem construídos te leva para o dia 1 do apocalipse zumbi. E através de 3 personagens, a autora te faz passear por todos os sentimentos, desafios e dificuldades dessa nova e futurista realidade.

Scarlet, Nathan e Miranda não se conhecem, não tem nenhuma relação, mas acabam se encontrando pelas circunstâncias do destino, eles não podiam ser mais diferentes.

Scarlet é uma enfermeira divorciada que tem de dar conta de criar suas duas filhas sozinha. Quando a contaminação acontece, ela experimenta em primeira mão as transformações de pessoas em mortos vivos. A personagem é responsável por nos guiar por todo o background da história, enquanto ela luta para não perder as esperanças de rever as duas filhas, que estavam com o pai para o final de semana.

Já Nathan vive um casamento de aparências para o bem de sua filhinha Zoe. Quando a epidemia chega perto dele, ele volta em casa para descobrir que sua mulher o abandonou, então segue com sua filha para tentar se salvar. Ele não tem um plano claro e para mim representa a força da história.

Miranda tinha só uma preocupação na cabeça, viajar no fim de semana com sua irmã e amigos, quando zumbis atrapalham seus planos. Ela e sua irmã são os sentimentos do livro, mas precisamente o desespero.

Descubra: Conheça a comédia escatológica da netflix, Santa Clarita Diet.

O rancho Red Hill é o lugar que junta todo mundo e é o responsável pelo crescimento dos personagens. O livro desperta as mais variadas emoções e te deixa à flor da pele do início ao fim. Você torce, chora, sente medo como se aquela história estivesse acontecendo com você, e eu não sei vocês, mas quando eu pego um livro assim eu não consigo largar e nem me desapegar depois.

Eu já reli o livro 2 vezes e todas as vezes os mistos de sentimentos que ele desperta, não me deixou, era como se eu estivesse lendo pela primeira vez. O ritmo da leitura é de thriller de ação e suspense, como em Guerra Mundial Z. É um ótimo livro e me supreendeu de várias formas, eu nunca ia imaginar esse viés com a Jamie.

A edição é da Editora Verus com tradução da Ana Death Duarte, que traduziu Belo Desastre, Perdendo-me e A Menina Mais Fria de Coldtown, que fez um trabalho incrível. A diagramação é simples e de fácil leitura e o trabalho com o livro é de um primor grande, atualmente custa na faixa dos 15 reais, mas você pode comprar aqui a partir de R$5,90 com nossa parceria amazon.

O Livro tem uma “continuação”, Among Monster, que conta a saga das filhas de Scarlet. Não vou explicar mais, pois seria spoiler 🙂

Já conheciam esse título da Jamie McGuire? Se você já leu Red Hill deixa aqui o que você achou do livro nos comentários, quero muito saber a opinião de vocês seguimores.

Publicitária carioca, 27 anos, apaixonada por histórias de suspense e romances policiais. Autora "aposentada" de fanfics, esteve a frente do extinto site de fanfics interativas Dream Store Fanfictions, desde a sua criação em 2007. Nutrindo desde aquela época, uma vontade de ajudar autores iniciantes a escrever melhor e alcançar seus objetivos. No The Review Books é responsável pela série "Escrevendo um Bestseller" e pela identidade visual do site e redes sociais.