SOCIEDADE SECRETA #1: ROSA & TÚMULO | DIANA PETERFREUND | THEREVIEWBOOKS.COM.BR
Resenhas

Sociedade Secreta #1: Rosa & Túmulo » Diana Peterfreund

Sabe aquele livro que você pega pra ler depois de ver a dica de alguém? Sociedade secreta é um caso desses.
O conheci a muitos anos atras atraves do blog/Canal da Pam (o falecido Garota It).

Sociedade Secreta é uma série que li a alguns anos e toda vez que lembro/falo dele acabo relendo!

Por onde começar? Sociedade Secreta é uma série de 4 livros escrita pela autora Diana Peterfreund. Que conta de uma forma bem divertida e em primeira pessoa, as aventuras vividas por uma univrsitária, Amy Haskel.
Quando essa acaba sendo convocada para a sociedade secreta mais famosa do campus.

A história de Sociedade Secreta se passa na Universidade de Eli, uma faculdade fictícia da Ivy League, onde existe todo um campus e todas as atividades licitas e ilícitas que poderiam ocorrer em um.

Em seu terceiro ano de estudo a vida de Amy parece perfeita e com um futuro quase certo. Ótimas notas, um trabalho na revista literária da faculdade e um ótimo estágio de verão pela frente. E claro uma melhor amiga quase irmã e um amigo-colorido quase namorado, perfeito.

O que todos assim que entram em Eli sabem é que quando se chega em seu terceiro ano, também conhecido como ano juniors, se você tem notas exemplares e um bom futuro pela frente, ou anda com as pessoas certas, ou tem uma família importante, dentre vários outros motivos, com toda certeza você estará na lista de possíveis candidatos para alguma das sociedades secreta que tem espalhada por todo o campus.

Amy não liga para essa baboseira toda de sociedade secreta, até porque seu lugar já está mais que garantido na Pena & Tinta, sociedade secreta por qual todos os ex-editores chefes da revista literária de Eli passaram. Então quando ela recebe um telefonema misterioso, não acha nada fora do normal. Não até se ver em uma sala escura cercada por homens que parecem saber tudo sobre sua vida. E nesse encontro Amy teve a certeza de que eles não eram a Pena & Tinta.
Mas então quem eles eram?

– Diga-nos. O que tem para oferecer a esta organização?

– Vocês já sabem o que eu tenho a oferecer. Notas máximas no meu curso, a não ser por aquele probleminha na Narrativa da imigração etíope; a editora da revista literária; participações e liderança em um grande número de outras publicações pequenas no campus e trinta páginas de um romance mal escrito. Não consumo drogas, nunca fui presa e, pelo que ouvi dizer, não sou ruim de cama. Não que qualquer um de vocês vá ter a oportunidade de descobrir isso em primeira mão.

Diferente de Amy, sua melhor amiga Lydia sabia tudo que se podia saber sobre sociedades secretas, sem pertencer a nenhuma. E quando um envelope branco com bordas pretas com um lacre de cera marcado com um símbolo bem conhecido por todos, foi entregue no quarto delas ela soube para onde Amy estava sendo convocada. O único mistério era que a Rosa & Túmulo, a mais tradicional e mais poderosa de todas as sociedades secretas do campus não convocava mulheres. Não até aquele ano!

O que falar desse livro minha gente? Ele é simplesmente maravilhoso! Viciante! E eu sempre, sempre mesmo, podem perguntar a qualquer um, fico empolgada de falar sobre ele.
Os personagens são taaaaaão legais a Amy, ao mesmo tempo que comete uns deslizes, ela também é legal e toma a iniciativa e faz a coisa certa e salva o dia! Então também temos aquele sentimento de amor/ódio em relação a ela, e mesmo assim eu ainda gosto da Amy.

Esse é o primeiro livro de uma série de quatro, e o que eu posso garantir a vocês é que é notável a evolução dos personagens e também da história. Todas a confusões que os coveiros se metem e que conseguem resolver tem ligações, mesmo que pequenas, e isso mostra o quanto a autora faz com que você preste atenção na história!

Nesse primeiro também descobrimos como funciona a convocação e como a vida de Amy muda do certo ao incerto. Como ela também acaba mudando e aprendendo como lidar com as coisas, não só na sociedade mas também no mundo bárbaro. Vemos também como um grupo muito incomum, que fora da sociedade não estariam praticamente nunca no mesmo ambiente, se tornam melhores amigos. E resolvem que se mexe com uma pessoa, está mexendo com todos.

Sociedade Secreta é uma série muito muito boa. E eu sinto tanto por ela não ter sido divulgada com tanto afinco quando foi publicada aqui na terra Brasilis.

Por meio desta, eu confesso: Viciei nessa série!

Espero que vocês gostem de Sociedade Secreta. Volto depois para contar mais sobre o segundo volume, Sob à Rosa! 312, pessoal!

Deixo vocês com um conto que a autora publicou no seu site e que se passa no final deste livro (esta em inglês):

Para comprar Sociedade Secreta: Rosa & Túmulo basta clicar aqui!

24 anos, técnica formada, estudante de Engenharia Civil, conhecida como ''de exatas'' nos grupos de amigos e viciada em romances, sejam eles quais forem! Na eterna busca pelo Mr. Darcy contemporâneo e inexistente.