DRIVE ME WILD | JULIE KRISS | THEREVIEWBOOKS.COM.BR

Drive Me Wild é o primeiro livro da série Riggs Brothers da autora Julie Kriss. Com 4 romances, a série acompanha a vida dos irmãos bad boys Luke, Jace, Ryan e Dex.

O Livro foi minha primeira experiência com o trabalho da autora, ou seja, eu não podia escolher um cartão de visitas melhor. Em outras palavras, eu simplesmente viciei na escrita dela e nos irmãos tudo de bom.

Eu mal havia terminado Drive Me Wild e já tinha ido correndo na Amazon, para ler os outros. Infelizmente, os livros não estão no Kindle Unlimited e são um pouco caros para ebook, mas olha, valem muito a pena.

Não é fácil achar muita informação sobre a autora, entretanto pela avaliações de seus livros, arriscaria dizer que ela é britânica.

Lendo algumas dessas avaliações, concordei e discordei com algumas coisas, então bora pra resenha para conhecer o livro:

Um Resumo sobre Drive Me Wild

No livro vamos conhecer Emily e Luke, dois completos opostos.
Ela, a filha da chefe de policia, que saiu de casa cedo para estudar e cavar sua independência.

Já Luke Riggs, nunca teve uma chance. Abandonado pela mãe e criado por um pai ausente ele cresceu com o estigma de garoto errado. Só que o que ninguém sabe é que Emily e Luke foram um casal na adolescência.

A história começa oito anos depois do último encontro deles, com Emily se sentindo um fracasso ao voltar para sua cidade natal e Luke tendo que limpar mais uma vez as sujeiras do pai.

E quando os dois se encontram, é como se nunca tivessem se separado. O problema é que uma vez Riggs, para sempre um Riggs e coisas podem acontecer que podem sujar Emily.

Os Personagens

Luke Riggs: Pensa num mocinho incompreendido? Tudo que ele sempre quis foi algo para chamar de dele e sentir amado. Ele experimentou isso com Emily, mas a juventude e a certeza que coisas boas não acontecem com um Riggs, fizeram seu amor ir embora.

Mesmo agora 8 anos depois, ele ainda é o tipo de cara durão que só precisa de um abraço. Sim, eu não consigo ser parcial aqui, pois eu amei muito esse personagem. O senso de honra, as burradas, tudo.

Emily Paker: Todo mundo chama ela de dramática, mas eu discordo. Eu também sou uma pessoa taxada de dramática e fico tão fula da vida como ela. Em só quer ter as coisas sobre controle, ela é passional e ela não quer ser a coitadinha da história, então ela sente, e muito. Engole o choro e vai, com medo mesmo.

E eu amo que ela não dá uma foda, para o que as pessoas acham do Luke.

Lauren Paker: Irmã gêmea da Emily, e nesse livro, a pessoa mais sem sal do mundo. Sério, eu simplesmente não consegui engolir o motivo pelo qual ela precisou da irmã. Ela está passando por um divórcio, mas olha, assuma seus BO. Lógico que mais pra frente na série nós vamos saber mais sobre os seus motivos e até achá-los fofos, mas aqui, no livro 1 só parece que ela desistiu e precisa de gente para limpar sua bagunça.

Dexter Riggs: Depois de Luke e Jace, meu irmão preferido. Ele é LOUCO, vai até as últimas consequências em tudo. Honra muito bem seu papel de destruidor.

Jace Riggs: O Caçula dos Riggs, que é a alma atormentada do grupo. Ele parece distante, mas você vai amar o livro dele.

Ryan Riggs: O jogador de beisebol que nunca alcançou a elite, mas foi longe o suficiente para fingir não ser um Riggs. Eu amei a marra dele e como ele e Dex brigam como gato e rato.

A Escrita/História/Construção de Mundo

Em primeiro lugar o livro é basicamente uma história sobre preconceitos, todos os personagens e a perfeita Westlake, tem suas caveiras dentro do armário. Eu gosto de como as pequenas cidades americanas são retratadas, como se a grande comunidade fosse apenas uma fachada para o que é a sociedade: gente mesquinha e preconceituosa.

Sim, eu ando meio amarga com a vida, como podem perceber rs.
Entretanto, vamos voltar ao livro.

A autora passa toda a série pontuando que os irmãos Riggs estão do lado errado dos trilhos, mas Luke não é mal, ele só nasceu pobre e sem uma família real. O lado errado dos trilhos vira um sinônimo para pobreza.

Não há muitas mudanças de cenário, embora algumas das cenas sejam passadas em Detroit e em áreas externas, você vai realmente ter que fazer sua imaginação trabalhar. O que eu adoro, particularmente.

Em segundo lugar, Drive me Wild tem uma dinâmica de personagens é maravilhosa. Eu amei como a autora inverteu a regra de “show, not tell” para mostrar que embora os irmãos falem muito sobre como eles não são próximos, as atitudes dos personagens mostra o total oposto.

Em algumas das avaliações que eu li sobre o livro, muita gente reclamava da superficialidade da história. Por se tratar de um livro curto, apenas xx páginas, achei que profundidade da história valeu. Além disso, esse é um romance de introdução, a cada exemplar Julie mostra mais tanto dos personagens em narrativa, como dos anteriores.

Finalizando, embora a capa do livro seja bem apelativa, gostei de todo o conjunto, de como a tipografia e nomes casam entre os volumes da série. Embora seja uma capa claramente de livro adulto, tem bom gosto e eu adoraria ter na minha estante.

Minha Opinião sobre o livro

Eu adorei ler Drive Me Wild, achei divertido, bem escrito, a história tem um ritmo bom, não é rápido e nem devagar. Você realmente consegue se ligar com os personagens e embora muita gente aponte o enredo como batido, achei que o jeito que a autora trabalhou na história muito criativo.

É um livro que te desperta emoções, tem muito mistério e te deixa aflita em diversos momentos. Quando todos os irmãos estavam juntos, tentando limpar as armadilhas do pai preso, eu fiquei nervosa, eufórica, tensa, tudo ao mesmo tempo.

E eu realmente torci para Emily e Luke, mais do que qualquer outro casal da série. Aliás o fechamento deles no último livro, me deixou desapontada, mas isso fica para outra resenha.

Dei uma olhada nos outros livros da autora e notei uma certa inclinação para o clube dos 50 tons, com CEOs e Magnatas, mas pode ser que eu dê uma chance.


Para ler mais sobre Julie Kriss e os The Riggs Brothers, clique aqui. Você pode comprar todos os livros na Amazon, clicando aqui. Cada compra que você faz utilizando nossos links, ajuda ao site a permanecer vivo.

Aproveita e se inscreve na nossa newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *