QUAL LIVRO MAIS | TAG LITERÁRIA | THEREVIEWBOOKS.COM.BR
TRB Tags

The Review Books TAG » Qual Livro mais

A tag “Qual Livro Mais” é do blog Estante Clássica, mas eu vi no blog Leituras, vida & paixão da Aline.

Originalmente a tag tinha o nome de “Qual Mais”, porém eu modifiquei um pouco o nome para melhorar o entendimento, mas é a mesma tag, ok? Bora para lista!

1. Qual livro mais me fez rir?

Assim como homens que me relaciono, os livros que eu leio precisam ser divertidos, por isso responder essa pergunta se tornou bem difícil, mas depois de pensar muito eu escolhi um livro da Penelope Ward, que vocês podem conferir a sinopse abaixo:

AMOR IMENSO | QUAL LIVRO MAIS | THEREVIEWBOOKS.COM.BRQuando um mal-entendido vira combustível para uma tórrida história de amor Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava.
Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes.
Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais maduro e… muito mais atraente.
Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?
Resenha | Compre o Livro

2. Qual livro mais me fez chorar?

Eu sou uma chorona de marca maior e é muito fácil eu chorar com um livro. Eu primeiramente pensei em colocar o clássico da choradeira A Culpa é das estrelas, mas lembrei de outro livro que chorei tanto que não conseguia ler, e foi Cemety Heart da incrível Beth Ehemann. Confira a sinopse:

CEMENT HEART | BETH EHEMANN | THEREVIEWBOOKS.COM.BRLawrence Finkle é conhecido pelos seus fãs do Minnesota Wild como “duro de matar” ou simplesmente por Viper. Ele não está acostumado a ouvir a palavra “não”. Ele leva sua vida inteira um pouco imprudente, afinal de contas, afinal de contas a vida é apenas um grande jogo certo? Errado.
Quando o que era para ser supostamente uma aposta inocente torna-se horrivelmente errada, ele é deixado para lidar com as consequências e a culpa. Em um esforço de fazer as coisas darem certo da melhor maneira possível, ele acaba apaixonado pela única pessoa do planeta que ele não deveria se apaixonar. O ditado diz que dois errados não dão certo… Ou dão?
Resenha | Compre o Livro

3. Qual livro mais chato que já li?

Pior do que as duas primeiras perguntas, essa é algo para ficar um tempão olhando pro nada tentando lembrar de um livro muuuuito chato que eu tenha lido. Vocês também são do tipo que mesmo odiando terminam só para ser um hater com propriedade? eu sou. Acho que o livro mais chato que eu já li foi Axolotle Atropelado. Li ele bem depois do hype todo e só o fiz para entender a polêmica por trás dele.

Para quem nunca ouviu falar, a autora do livro cometeu plágio e assumiu o ocorrido se defendendo dizendo que pegou coisas que já existiam e os transformou em algo melhor. Cara de pau 10, bom senso 0, né? O livro é bem controverso e cabe várias interpretações, para mim foi uma viagem sem fim.

AXOLOTLE ATROPELADO | HELENE HEGEMANN | THEREVIEWBOOKS.COM.BR“Vidas terríveis são a maior das felicidades”, desbafa Mifti em seu diário. Aos dezesseis anos, ela assumiu sua condição de “garota-problema” participante da cena underground de Berlim, onde mora desde a morte da mãe. A narrativa de suas experiências, radicalmente influenciadas pelo uso de drogas diversas, faz o leitor mergulhar em uma sequência de acontecimentos paradoxais e incomuns.

Mift é a protagonista de Axolotle atropelado, romance de estreia da alemã Helene Hegemann que, aos 17 anos, conquistou a crítica literária e se transformou em fenômeno editorial no país. Pertencente a uma família disfuncional, com seus meios-irmãos ricos e negligentes e o pai egoísta, Mifti luta para dar sentido a sua vida. Em seu diário, alucinações e realidade se mesclam na descrição de sua rotina, pontuada por experiências de sadomasoquismo, autodestruição e abuso de drogas ¬- entre álcool, heroína e ecstasy. Ela, que anseia por liberdade e pela fuga das convenções sociais, tece críticas à família e à sociedade alemãs e discursa sobre filmes, música e filosofia.

Em sua busca por uma parceria e por uma compreensão incondicional, Mifti adota um mascote exótico e surpreendente: o axolotle – uma espécie de salamandra mexicana que permanece em estado larvário, sem se desenvolver.
Resenha | Compre o Livro

4. Qual livro mais me prendeu do início ao fim?

Quando eu comecei a responder a tag eu não achei que seria tão difícil escolher os livros rs. Mas, para livro que me prendeu do inicio ao fim vou escolher um que tem resenha no blog, para que vocês possam conhecer esse melhor, mas depois da sinopse, vou indicar outros 2 livro tão maravilhoso como ele.

WAIT FOR IT | QUAL LIVRO MAIS | THEREVIEWBOOKS.COM.BRSe alguém dissesse que ser um adulto era fácil, eles estavam errados. Diana Casillas pode admitir: ela não sabe o que diabos está fazendo na metade do tempo. Como ela fez isso nos últimos dois anos de sua vida sem matar ninguém é nada menos que um milagre. Ser um adulto não deveria ser tão difícil. Com uma casa nova, dois garotinhos, que ela herdou da maneira mais dolorosa possível, um cachorro gigante, um trabalho que ela geralmente ama, família e amigos o suficiente, ela tem quase tudo que poderia pedir. Exceto por um namorado. Ou um marido. Mas quem precisa de um desses?
Resenhas | Compre o Livro

Leia Também: O Reverso da Medalha de Sidney Sheldon e Não Conte a Ninguém de Harlan Coben

5. Qual livro mais clichê que já li?

Se você não chegou de paraquedas nesse post, já deve estar ligada que clichê é meu guilty pleasure. Eu poderia desenrolar um pergaminho gigantesco aqui, mas vou me ater a indicar nessa categoria a série Hashtag da Cambria Herbert.

NERD | QUAL LIVRO MAIS | THEREVIEWBOOKS.COM.BRDuas pessoas de mundos completamente diferentes estão prestes a serem jogadas juntas… Em mais de uma maneira.
Ela quer manter sua bolsa de estudos. Ele quer ficar no time. Uma aliança desajeitada nem sequer começa a cobrir o relacionamento de Rimmel e Romeu.
Mas isso está prestes a mudar.
Começa com um desejo. Uma iniciação. Um desafio.
Rapidamente, se transforma em mais. Mas quando você é uma vítima do seu status, não há espaço para nada real. As regras são claras e simples. Fique no seu círculo.
E nunca se apaixone por ninguém do lado de fora.
Resenha | Compre o Livro

6. Qual livro mais me fez sentir raiva?

Eu não podia terminar uma lista sem citar esse livro, e não é o livro em questão que me deixa com raiva, mas sim o personagem dele. Kate Blackwell, a rainha da manipulação, muito bem criada por Sidney Sheldon. Gente, para vocês entenderem o nível de raiva, vocês precisam ler, é sério, se existir uma lista de anti-mocinha (tipo, anti-herói rs) Kate tem que encabeçar a lista.

O REVERSO DA MEDALHA | SIDNEY SHELDON | THEREVIEWBOOKS.COM.BRO reverso da medalha é um implacável jogo pelo poder, e Kate só joga para ganhar. O mestre Sidney Sheldon constrói mais uma saga emocionante, marcada pelo mesmo estilo que cativou milhões de leitores em todo o mundo e fez dele o mais popular escritor norte-americano

Kate Black é símbolo do sucesso, uma linda mulher que transformou sua herança em império internacional – uma personalidade misteriosa, envolta por milhares de perguntas sem respostas. Detentora de uma posição de destaque entre os poderosos ela é uma sobrevivente, assim como foi seu incansável pai, que arriscou a própria vida para extrair uma fortuna em diamantes da inóspita África do Sul.
Agora, ao comemorar 90 anos, Kate analisa a família que manipulou, dominou e amou: o belo e o grotesco, a serenidade e a loucura, a bondade e a maldade – todas as suas conquistas ao longo da vida. E na extravagante celebração, os fantasmas de Kate a rondam, fantasmas de amigos e inimigos. Lembranças de uma vida de chantagens e assassinatos. Fantasmas de um império fundamentado em pura ambição.
Resenha | Compre o Livro

07) Qual livro eu mais indico para quem quer começar a ler?

Eu não lembro qual foi o primeiro livro que eu li, nem o que me conquistou de vez e me fez uma leitora crônica. Queria muito lembrar, mas não tenho lá essa memória tão boa. Eu acho que esse é o tipo de pergunta que não dá para ser respondida com um livro só, cada fase da vida é um jeito novo de se relacionar com os livros, por isso não vou indicar só um livro nessa categoria.

Infância: Coleção Bruxa Onilda | Pré Adolescência: Coleção Fala Sério e Diário de um Banana | Adolescente: Série Rainha da Fofoca e Vampire Kisses | Adulto: Série Irmandade da Adaga Negra e Série Myron Bolitar.


Gostou da TAG e quer responder, não esquece de marcar a gente e a criadora da TAG. Estou louca para ler as respostas de vocês. Não esqueçam de dar aquele like no post 🙂

Publicitária carioca, 27 anos, apaixonada por histórias de suspense e romances policiais. Autora "aposentada" de fanfics, esteve a frente do extinto site de fanfics interativas Dream Store Fanfictions, desde a sua criação em 2007. Nutrindo desde aquela época, uma vontade de ajudar autores iniciantes a escrever melhor e alcançar seus objetivos. No The Review Books é responsável pela série "Escrevendo um Bestseller" e pela identidade visual do site e redes sociais.